Ler + Escolas

Neste site poderá conhecer os projectos e iniciativas lançados pelo PNL, bem como as actividades realizadas pelas escolas, no âmbito dos Livros e da Leitura

Registo no PNL

Saiba como fazer o registo e inscrição nas actividades no Plano Nacional de Leitura
saber mais

Calendário de Eventos

Setembro de 2017


Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Dom
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 1
Hoje: 19/09/2017

Leitura nas Escolas

Pesquise ou envie informação sobre actividades realizadas nas escolas - saber mais

Livros Recomendados

Biblioteca de Livros Digitais

  • O Nuno escapa à gripe A
  • Lavo as minhas mãos
  • O gato Gonçalves
  • Os opostos
  • A joaninha vaidosa
  • Inês vai ao circo

Ler+ para Vencer

O projecto Ler+ para vencer consistiu na oferta de um livro a cada aluno que ingressa no 1º ano e no 5º ano de escolaridade. O Ministério da Educação e o Plano Nacional de Leitura assinalam o início de 3 anos lectivos com a oferta de um livro, associando o gosto pela leitura à entrada no novo ciclo de escolaridade.

telefon dinlemeukashdedektifseo

Projecto

2008-2009

O Ministério da Educação deu início ao projecto com a designação de Um novo livro para cada novo leitor, sendo contemplados apenas os alunos que entravam pela primeira vez no 1º ano do Ensino Básico.

Associar esse marco importante da vida dos alunos a um momento festivo, realçando a leitura e o prazer de ler, foi o objectivo maior desta iniciativa. Estimular o gosto pelo livro junto dos alunos, no início da longa caminhada de aprendizagem que terão pela frente é, com certeza, um reforço positivo na construção do seu conhecimento.

A iniciativa foi extensiva a todas as escolas da rede pública e privada.

2009-2010 E 2010-2011

O projecto adquiriu o novo nome de Ler+ para vencer, passando a incluir os alunos que iniciavam também o 2º Ciclo, pois estes eram já, certamente, leitores.

Cerca de 600 mil livros foram distribuídos a tantos outros alunos, potenciais bons leitores, durante os três anos lectivos. Os livros eram enviados para as escolas sede dos agrupamentos, no caso das escolas públicas, e directamente para as instituições/escolas privadas.

A sua distribuição pelos diferentes estabelecimentos e entrega aos alunos ficou a cargo dos órgãos de gestão e respectivos professores. Sempre que possível, a intenção foi no sentido de os alunos poderem receber o seu livro no primeiro dia de aulas, ao qual era anexo um autocolante com a data da oferta, do qual constava também um espaço para posteriormente assinalar o dia em que cada um seria capaz de o ler sozinho.

Porque nem sempre foi possível a disponibilização dos  livros no primeiro dia, cada escola procurou organizar um momento alternativo, também com carácter festivo, para que os alunos pudessem receber o livro prometido.

Cada escola tinha disponível no Sistema de Informação do PNL um formulário para que pudesse ser preenchido, nas situações em que os livros enviados não fossem em número suficiente. Esta possibilidade decorria da dificuldade em determinar previamente o número exacto de aluno que cada escola iria receber no ano lectivo seguinte.

DormirLer2ed DormirLer2ed