Início | Notícias | Salões | Concursos | Saberes em Rede | Citações | E-livros | Videoclube
 
 

 

 

Todos os Sonhos de Abril-Ana Paula Motta
Reflexões a respeito de...

 
 

Arquivo:

 
  Erro 2013
Maio 2013
Erro 2012
Fevereiro 2012
Março 2012
Abril 2012
Maio 2012
Junho 2012
Agosto 2012
Setembro 2012
Novembro 2012
Erro 2011
Fevereiro 2011
Março 2011
Abril 2011
Maio 2011
Junho 2011
Julho 2011
Agosto 2011
Setembro 2011
Outubro 2011
Novembro 2011
Dezembro 2011
Erro 2010
Fevereiro 2010
Março 2010
Abril 2010
Maio 2010
Junho 2010
Julho 2010
Agosto 2010
Setembro 2010
Outubro 2010
Novembro 2010
Dezembro 2010
Erro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Maio 2009
Junho 2009
Julho 2009
Agosto 2009
Setembro 2009
Outubro 2009
Novembro 2009
Dezembro 2009
Julho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Dezembro 2008
     
  Posts Recentes :  
  Falha nossa
Férias
O dia que não começou
Palavras tortas
Carta de Maria Alice às suas amigas Do Carmo e Madame Sucralose
Feliz Aniversário
E vejo flores
Tempestade
Primavera
Abril
     
  Amigos/Favoritos:  
  Sabor e Histórias
Quarto de Segredos
Dentro da Minha Cabeça
Mundo Globalizado (8º B- Salesiano)
Diário de Classe
Ligação Direta
Todo Amor que houver nessa vida
bento-vai-pra-dentro
Blogue de Natália Augusto
Comentários do Cotidiano - Fábio Siqueira
Blog do Núcleo
Eu penso que...
Sociedade Blog
Vamos Comer
Morada do Visconde do Rio Branco
Blog do Nono B
Casa da Leitura
As Nossas Leituras
Roseana Murray
Aucilene Freitas
A Hora das Palavras

 

 

 

 
   
 

Pesquisar neste blog:

 

 
  Os meus tags:  
 
canção, outono Texto insônia, noites lua,sol.estrelas,felicidade,primavera amor,poema,lágrimas Primavera,vida,janela felicidade,frases infância,gosto Tecnologia,escola,comunicação,informação Campos,eleições Menina,transbordamentos,felicidade,flores,jardim,sonhos razão, flores emoção,olimpíadas Reforma,ortográfica,acordo,diferenças,língua,pátria Mulheres,poesia terra Jornalista,diploma,formação,titulação cores,mundo Estações,outono,primavera,vida,inverno Dor,religar-se,Deus guerra,livro,inverno,manhã terra,aldeia, poesia,luar saudade,amora casa,fachada São João,Teatro estrelas,sorriso,conto,poema, poesia cartas,amor,ridículas flores,rendas,vida,cores lua,sua,pedaço Delicadeza Sorriso,gargalhada,alma anjos,asas,meninos,meninas diploma,jornalistas acelerada,café abril,dia,meio,alma canção,ninar,gente mulher,tarefas,lar,casa abril,primavera,flores cotidiano,diariamente,amor,vida,crianças Estações,primavera,flores primavera,música,espetáculo Primavera,som,estação Amor,preconceito domingo teatro Florbela,primavera,poesia sons,estação,primavera flores,salada outono,cinema poema,canção,amor,mulher pesquisa,estudantes,professores poesia,manhã,feliz teatro,crianças,cinema eleições, Campos Campos,eleições,pobreza mulher,tensão,tristeza,irritação.TPM ostra,vento,dia vento,tempestade alergia sol, lua música,alma milagres,histórias,felicidade imprensa, liberdade alegria, dor, felicidade manhã, dor cinema vida,primavera,fraternidade música canção teatro espera,mulheres,homens filme aldeia.terra sonhos,vida,brisa,manhãs cores,dia,felicidade,flores,primavera felicidade,flor,tempo,vento,maio dor,poesia,felicidade,amor blog lua,plena,felicidade,vida teatro,cultura casa,amor,alegria música filme teatro professores,manifestação,luta esperança,manhã tarde,música anjos,luzes,Natal,presente,bem,brisa,despertar sonho,moça,dia,noite céu,chuva,sol encanto,leveza.delicadeza,fadas,sonho poesia,tarde,delicadeza,doçura desassossego,clima,vento.brisa delicadeza,alma,pessoas,sonho vida,coragem,mulher,amor estrela,sorriso,sonho,amor, insônia,noite,reedições,família,primavera,vida olhar,amor,poesia,sonhos,vida filme,amor,história vida,amor amor,outono,primavera,você Natal,criança, solidariedade Natal, canção flores,folhas,vento, poesia destino,vida,amor, felicidade estrelas,amor,sorriso,primavera,outono,jardim,flores amor,poesia,espera,guerra poesia,mofo,chuva,domingo,dia blogs,notícias enchente,solidariedade,Campos,blogs solidariedade,enchente,Campos sofrimento,África,mundo poema,poesia, dor,amor mulheres,doação,campanha filme,romance,amor Natal.neve,sonho amor,filme,romance,chocolate amor,primavera,flor,poesia Natal.felicidade,vida,filme amor,infância.música,semana,dia solidariedade,criança,Natal Natal, música poesia,amor,vida,cotidiano infância,Natal, lembranças poesia,maré,sonho enchente,Campos,aldeia aniversário,melancolia aldeia,política Natal.Ano Novo,sonhos princesas,fadas,histórias,vida,poesia Natal,tristeza,tarde vida, poesia dor,amor,vida,flores,poesia delícia,vida,cozinha,receita,doçura sonho,amor,princesa,sapo infância,princesa,conto princesas,meninas,poema,conto aniversário,abril conto,sonhos,princesas,lobo sonhos,meninos,vento poema,vento,desassossego música,amor,história verão,textos fogo,vento,verão princesa,festa,infância maio,flor amizade,aniversário conto,ano novo sábado, música amor,você,poesia felicidade,intensidade TPM, cozinha,livros,mulheres canção poesia,amor,verão filme,cinema teatro, cinema,circo stress amor,poema,poesia, felicidade blogue, culinária, histórias,sabor cultura, teatro sonho,princesas,fadas,asas cotidiano, vida, otimismo melodrama desafio,poesia, livro música, mar poesia, poema, amor, intensidade, alma poesia, manhã, felicidade.amor poema,poesia, amor música poesia, poema, tempo, amor escola abril,primavera,flores abril,flores,sonhos poema,poesia,amor,felicidade SEPE,professores,luta poema,poesia,amor,felicidade dor, palavras chuva blogue amor,música,alma música amor,namorados sonho,vida,amor,tertúlia educação São João,menina, poema,poesia,amor,noite,estrela música poema,dor,poesia poema,poesia,dor,amor,alma conto, conto de jardim música,amor dor,poema,poesia,manhã,manhãs dor,poema,poesia,amor,alma alegria,felicidade poema,poesia,dor,amor,alegria,espera aniversário,blog,blogue, filho, felicidade alegria, asas, dor, dor. felicidade, intensidade, meninas, sorriso, vida coração,cotidiano,dor,vento,vida,calor estrelas,poema,poesia,sonho,menina sonhos,vida poema,poesia,dor,mentira,amor,mulher dor, poema, poesia, Poesia uma horas dessas, primavera poema, poesia, estrela, estrelas felicidade, mulheres, poema, poesia, primavera, vida alma, amor, flor, poema, poesia, primavera amor,música sonho,chuva,cotidiano alegria, felicidade, sol amor,amoras,sabor,histórias,blog imprensa, jornal, memória Walnize Carvalho menina,poema,poesia poesia,poema aniversário,blog,blogue, insônia,sonho, felicidade,amor blogue,aniversário poema,poesia Natal,infância, criança noite,Natal,criança conto,amor,felicidade,inverno,Natal ano novo,conto de jardim ano novo, novidade poema,flor,poesia natureza, mulher poema, poesia, amor, vida brisa,poema,poesia, abril manhã, felicidade,amor,poema,poesia, maio,flor,alma poema,poesia,amor,verão música, sábado,amor,Chico Buarque poema,poesia,amor poema, poesia, amor, flor poema,poesia,alegria,tristeza chuva,poema,poesia,dor felicidade,azul,dia Abril,sonhos,vídeo plena,felicidade,filho,mãe poema,poesia,amor,afeto poema,poesia,maio,manhã,noite,flor,flores poema,poesia,bailarina poema,amor,poesia poema, poesia, delírio poema, poesia, primavera, amor calor poema, poesia visitas poema, poesia, amor bobagens poema,poesia, felicidade conto, contos de jardim abril, poema, poesia, amor vento, felicidade, amor, poesia, poema poema, poesia,maio poema, poesia, amor, manhã sombras aniversário primavera frio, neve, inverno, infância amor, medo, comida, cas morte, dor,Maria Alice Natal, manhã amor, felicidade amor, flor amor, saudade, tristeza amor, lua, urgência tristeza abril, poema, poesia, amor primavera, amor, manhã chuva, tristeza, tempestade flor, primavera, felicidade Maria Alice férias blogue
 
       
 

 

 



 
 

Ana Paula Motta
Professora e Jornalista (nem sempre nessa ordem)

Mãe amorosa desse blog e mais amorosa ainda de um rapaz lindo de 16 anos. Redescobri minha paixão primeira: escrever. E ler, tudo que me dá vontade, hábito nunca abandonado, mas hoje retomado com mais vigor. Estou descobrindo, ainda que tardiamente, que disciplina, na medida certa, faz muito bem à vida e por isso tenho algum tempo reservado no dia à leitura e a escrita. Gosto de postar quando estou minimamente feliz, quando não estou bem escrevo “no sacrifício”. Não espere encontrar desabafos em momentos de tensão. Para os desabafos pessoais uso textos para mim mesma, e-mails para os amigos e o bom e velho bloco de papel nas madrugadas de insônia. Apaixonada por poesia, cinema, gastronomia e criança boazinha (pra quem adoro contar histórias minhas e alheias). Gosto de jardins com folhas e flores, fotos no celular, livros e revistas por toda parte. Na minha vida tem espaço para ser piegas, choro em filme romântico, show de rock e sonhos ao amanhecer. Um pedaço de lua, de rua, de cotidiano comum. "É urgente inventar alegria, multiplicar os beijos, as searas, é urgente descobrir rosas e rios e manhãs claras." Eugénio de Andrade

 
 
 

Falha nossa

ppEsqueci de fazer aqui também as três postagens abaixo que fiz no outro portal onde tenho o blogue com o mesmo nome.Antes tarde que nunca./ppO INVERNO E O MAR a href="http://todosossonhosdeabril.blogs.sapo.pt/54037.html"http://todosossonhosdeabril.blogs.sapo.pt/54037.html/a/ppABRIL/ppa href="http://todosossonhosdeabril.blogs.sapo.pt/53979.html"http://todosossonhosdeabril.blogs.sapo.pt/53979.html/a /pp /ppO FIM /ppa href="http://todosossonhosdeabril.blogs.sapo.pt/53522.html"http://todosossonhosdeabril.blogs.sapo.pt/53522.html/a /p
 
 

escrito por João Ana Paula Motta 31-05-2013 20:31
0 comentários

 
 
 

Férias

Não gosto de fazer planos para as férias, deixo que as coisas aconteçam, sem expectativas, sem decepções. Prometo apenas descansar e isso quase sempre consigo, além de alguns mergulhos em praias e piscinas. Férias para mim rimam com leitura, comecei bem, li três livros em sequência, no entanto a internet tem atrapalhado uma releitura, para ser mais precisa, o Facebook tem atrapalhado e já penso em uma maneira de deixá-lo de lado por um tempo. Gosto de ler notícias, passar os olhos nas caixas de e-mail e depois mergulhar na leitura e só consigo fazer isso sem acessar a rede social. Aquilo parece uma praça cheia, onde todos te solicitam, mostram fotos, discutem política e religião. Vou tentar me concentrar na minha releitura de Os Maias e fazer coisas como arrumar gavetas. Boas férias para mim.
 
 

escrito por João Ana Paula Motta 13-01-2013 02:15
0 comentários

 
 
 

O dia que não começou

                                    13 de novembro de 2012- 10 h da manhã

 

 

 

 

   O dia se esqueceu de amanhecer. O sol não nasceu, a covardia do dia trouxe medo. Medo de não ter coragem também eu de despertar.
    Nove da manhã, o céu escuro, as luzes acesas, a chuva intermitente.Despertei aos poucos, seguindo a preguiça imposta pela manhã anoitecida.
    O dia parecia nao correr, arrastava-se mau humorado.
    Sem telefone, sem internet.
    Sete da noite, o céu alaranjado forjava a aurora, intenção interrompida pela chuva fina.
    Um dia-noite passado em cinzentas nuvens.
    Quando hoje virou ontem o sono fugiu. De novo sem coragem. Os olhos teimam em permanecer abertos.

    O dia que não começou se recusa a terminar.

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 15-11-2012 02:16
0 comentários

 
 
 

Palavras tortas

Há palavras que brotam doloridas, como botas pisando o peito.  Talvez por isso as aborte, tente calá-las...

Até que se comportem.

sinto-me: 
 
 

escrito por João Ana Paula Motta 06-11-2012 15:04
0 comentários

 
 
 

Carta de Maria Alice às suas amigas Do Carmo e Madame Sucralose

Queridas amigas, hoje lembrei-me de vocês diante de alguns acontecimentos.

Sofro de irritação produtiva, que se não chega a ser um oximoro chega perto, afinal como algo ruim pode render bons frutos?

Não faço de limão limonada porque esse clichê também me irrita e não produtivamente, mas posso dizer que uso as besteiras (estou educada com as palavras hoje) que algumas pessoas expelem por suas bocarras como adubo para algumas atitudes adiadas.

Os boquirrotos de natureza burra e má sempre acabam se enforcando. Conviver com gente burra é ruim, mas quando a burrice é aliada da maledicência forma um caldo aparentemente perigoso. No fim o perigo é para o próprio maledicente desprovido de inteligência.

Não, queridos, a verdade não vem à tona como mágica ou milagre, afinal é preciso um tantinho de atitude de vez em quando.  Sendo assim a semana se encerra com uma leve dor de cabeça, mas, um sorriso enorme de satisfação.

Quem foi buscar lã acabou tosquiada, como diz um antigo provérbio.

Vamos combinar um chazinho?

Grande beijo,

Maria Alice

14 de setembro de 2012  

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 16-09-2012 23:40
0 comentários

 
 
 

Feliz Aniversário

 

Quatro anos de escrita e mais de 238 mil acessos depois o blogue merece comemoração, para isso escrevo um texto que está quase pronto para sair do forno, com sabor de mar.

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 01-08-2012 02:08
0 comentários

 
 
 

E vejo flores

 

Apesar do dia nublado e chuvoso, amanheci feliz, é primavera em mim.

Meu coração canta.

 

 

 

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 08-06-2012 17:12
0 comentários

 
 
 

Tempestade

O clarão azulado se mostra através da vidraça, anima e colore a noite quente.

O som autoritário do trovão quebra a monotonia da sexta-feira à noite.

Adoro tempestades. Lavam a alma.

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 02-06-2012 03:42
0 comentários

 
 
 

Primavera

 

"Uaaaal, esse vestido é a própria primavera. "

Sorriu ignorando a leve ironia, irradiava alegria como as flores em diversos tons, do azul lavanda ao roxo e devolveu com a frase: “Sou a tua primavera.”

É incrível como certas frases, que sabem lamechas em qualquer outro contexto, soam tão naturais entre amantes.

Justificou o atraso de mais de uma hora com uma dor de cabeça lancinante, que não combinava nem um pouco com a aparente disposição e o rosto feliz. Talvez fosse a única mulher no mundo disposta a um encontro amoroso mesmo assim.

 

 Aninhou-se no peito e sentiu-se como se nada de mal pudesse acontecer, era assim desde sempre, um dia lindo de primavera.

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 03-05-2012 23:00
0 comentários

 
 
 

Abril

 

Minha alma ainda dormia

Meu corpo ainda dormia

Em abril, meio do dia

Sua alma me seguia

Seu corpo me queria

Em abril, meio do dia

Minha alma se perdia

Meu corpo te pedia

Em abril... Meio do dia

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 15-04-2012 01:10
0 comentários

 
 
 

Chocolate

Pensando bem tristeza combina com chocolate. Amargo.

Não me lembro de comê-lo em dias de intensa alegria.

Nos dias de alma nublada dá um certo alívio saborear esses tabletes negros.

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 09-04-2012 21:52
0 comentários

 
 
 

Espuma

Nada mais reconfortante para um corpo cansado, para uma coluna que dói depois de um dia de trabalho que um bom banho de espuma.

 

A água quente e a espuma perfumada de amora aliviam e renovam. Hoje salvaram meu dia e vão me ajudar a ter um sono tranquilo e sem dores.

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 02-03-2012 01:37
0 comentários

 
 
 

Urgências

 
 
Sexta-feira, 18 h. Laura ajudava uma aluna com uma pesquisa, impaciente porque o tempo demorava a passar. A lua cheia dividia o céu com o sol.
 
O aparelho vibrou sobre a mesa. Sorriu,respondeu a mensagem e voltou para a tarefa.
 
Novo sinal de mensagem. Em poucos segundos outro... e outro e mais outro.
 
Enrubesceu e não sabia o que dizer à moça que ao lado esperava sua ajuda. Balbuciou uma desculpa e ouviu de volta: “Não fica envergonhada não, fessôra, meu Zé Maria também é assim. Ele tem desespero de mim.”
 
 

escrito por João Ana Paula Motta 21-02-2012 01:07
0 comentários

 
 
 

Coração miudinho

 

 

 

É assim que o meu está hoje. Apertadinho.

 

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 14-02-2012 19:18
0 comentários

 
 
 

“Amores imperfeitos são as flores da estação”

Muitos vivem desesperadamente em busca um amor perfeito.

Não são capazes de perceber os encantos das imperfeições.

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 09-02-2012 19:37
0 comentários

 
 
 

Amanhecer

Olhava encantado a languidez natural com que ela acordava. O nariz vermelho e um pouco inchado davam a ela um ar de adolescente.

Espreguiçava-se, dizia "Bom dia!" e sempre ouvia de volta um bem humorado: "Preguiçosa!".

As segundas-feiras ganhavam sempre um ar feliz. 

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 25-01-2012 02:51
0 comentários

 
 
 

Chuva de dezembro

O céu tingido de cinza,mais forte que o som dos trovões é a força da água que desaba inclemente. Um pranto tão intenso quando a dor de quem perde um grande amor.

 

O céu de dezembro chora pelo ano que se vai, esperançoso de dias melhores, mas com um certo travo amargo das despedidas.

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 28-12-2011 19:00
0 comentários

 
 
 

Manhã de Natal

Nas manhãs de Natal adoro sentar sozinha à mesa para saborear uma rabanada acompanhada de um bom café. É a minha hora mágica, quando o resto da casa ainda dorme.

Um dia desses ainda acabo por encontrar um velhinho de gorro vermelho

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 28-12-2011 18:57
0 comentários

 
 
 

Todos os Sonhos de Natal

Sem palavras, apenas sinto o Natal.

 

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 14-12-2011 23:05
0 comentários

 
 
 

Maria Alice e a morte

Maria Alice é a minha amiga mais próxima. Digo que nos conhecemos desde sempre. Tem uma rabugice única, um bom coração e é a mais passional das criaturas, o que pode ser muito ruim ou muito bom.

Minha amiga tem teorias singulares sobre várias coisas, a teoria sobre a morte e os fatos que a envolvem são de fazer rir.

 

Odeio gente que não sabe se comportar em velório. Velório é lugar de dor e não de contar piadas “para fazer esquecer o sofrimento” como os engraçadinhos inconvenientes apregoam.

Velório não é lugar para roupas coloridas, nem lugar para decotes. Eu já avisei: quem aparecer vestida de maneira inadequada no meu velório vai arcar com as consequências. Eu volto para puxar o pé na mesma noite.

Acho tão bonito uma viúva de luto. Hoje em dia esqueceram o luto. Acho o luto fundamental para a saúde emocional. Ele tem sua razão de ser. É momento de chorar, de coração dorido. Quem não vive o luto paga o preço em algum momento. E para isso um pretinho básico ajuda muito.

Detesto escândalo em velório. Choro verdadeiro não é escandaloso.

Desmaios também me irritam. Quem sofre de verdade, chora, chora sem som, abraça os amigos, molha o rosto sempre que sente um nó na garganta. Gente que ameaça se jogar no túmulo para mim é sem educação e falsa. Quem sofre, apenas chora, chora muito. Se usar óculos escuros fica sem dúvida um choro beirando á perfeição.

Gosto de véus negros, pena que hoje quase ninguém usa chapéus com véu então... No velório do meu marido ameacei usar um chapéu, fui demovida da idéia. Usei meu véu negro e um terço. Chorei muito. Gosto de chorar.

Usei um mês de luto fechado e outros tantos de luto menos rigoroso. Vivi minha dor. Sobrevivi.


Essa é apenas a primeira das histórias da minha amiga, vou contar sempre que der vontade. Seu nome foi trocado por razões óbvias. 

 
 

escrito por João Ana Paula Motta 03-11-2011 01:00
0 comentários

 

<< < > >>

 
 
 
Patrocínio
  || Desenvolvido por CITI || Servidores da FCCN